Notícias Recentes



SAAE CONTINUA REFORMA DA ETA I NA PRÓXIMA SEMANA

Durante cerca de 20 anos não houve investimento pesado no sistema de tratamento de água de Rio das Pedras. Nesse tempo, a população e o número de residências cresceram consideravelmente. Como consequência, nos últimos cinco anos se tornou frequente a falta d’água na cidade, em especial nos bairros mais altos como São Cristóvão, Sem Terra, Luiz Massud Coury e Bom Jardim.


Desde o ano passado o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) tem buscado melhorar a distribuição de água. Sem recursos financeiros e com muitas dívidas, foi reformada a ETA III (Estação de Tratamento de Água - região do Bom Jardim).


Porém, as ETA I e II, responsáveis pelo abastecimento de água de 80% da cidade também precisava de melhorias. Pequenos reparos, como a troca de válvulas, foram realizados, mas não eram suficientes para aumentar a capacidade de tratamento.


Nesta semana uma grande reforma teve início na ETA I – a de maior capacidade. Nesta segunda e terça-feira, o SAAE providenciou a troca do material filtrante dos filtros. O trabalho foi dividido em duas etapas para não deixar a cidade totalmente desabastecida. Ao todo foram trocados 12 toneladas de materiais responsáveis pela filtragem da água.


“Esses materiais são camadas de produtos que limpam a água para que chegue tratada em nossas residências. Para realizar esse trabalho, tivemos que diminuir muito a quantidade de água tratada na estação”, explica Daniel Gonçalves, superintendente do SAAE.


A próxima etapa da reforma da ETA será a troca do decantador, que possibilitará maior agilidade e eficiência no tratamento da água, evitando o grande número de paradas para lavar a estação. “A troca terá início às 5 horas da próxima segunda-feira (2), quando teremos que interromper totalmente o tratamento de água. Isso porque o decantador será esvaziado e inteiramente trocado. Esse trabalho deverá seguir durante a terça-feira. Na quarta o tratamento será reestabelecido, mas, com os reservatórios dos bairros vazios, irá demorar até 48 horas para que o abastecimento seja normalizado”, detalha Gonçalves.


A terceira e última etapa da reforma acontecerá na semana seguinte, quando serão instalados dois novos filtros junto a ETA. “Com esses novos filtros teremos maior capacidade para tratar água e, consequentemente, mais água para a população rio-pedrense. Depois dessa grande reforma, a estação volta aos padrões normais de produção, com menos interrupções para lavagem e maior quantidade de água tratada para a cidade. Nossa expectativa é que não haja mais falta d’água na cidade como ocorre hoje. Nossa rede de distribuição continua antiga e passível de quebras que podem interromper o abastecimento, mas quando isso ocorrer será esporádico. A população com certeza terá mais água depois dessa reforma”, garante Daniel Gonçalves.

Autoria: Alex Calmon
Fonte: SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Foto:
Postada em : 29/06/2018