Notícias Recentes



CULTURA OFERECE SESSÕES DE CINEMA NA PRAÇA DA CONCHA ACÚSTICA

A Secretaria da Cultura, em parceria com o Ministério da Cultura e Raízen, está promovendo o Cinema Open Air, ou Cinema na Praça, com sessões gratuitas realizadas na Praça Décio Orestes Limongi, a praça da concha acústica, no Centro. Além de garantir diversão e entretenimento, o Cinema na Praça tem pipoca e total acessibilidade. As sessões estão previstas para começar às 19 horas e a pipoca está garantida.


Na noite de estreia, o filme foi “O ano em que meus pais saíram de férias”, se passa em 1970 e conta a história de Mauro (Michel Joelsas), um garoto mineiro de 12 anos, que adora futebol e jogo de botão. Um dia, sua vida muda completamente, já que seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente para ele. Na verdade, os pais de Mauro foram obrigados a fugir da perseguição política, tendo que deixá-lo com o avô paterno (Paulo Autran). Porém o avô enfrenta problemas, o que faz com que Mauro tenha que ficar com Shlomo (Germano Haiut), um velho judeu solitário que é vizinho do avô de Mauro. O cinema foi transmitido com audiodescrição (AD), especialmente para cegos.


Na quinta-feira o filme foi “O Palhaço”. O longa de Selton Mello mostra Benjamim (Selton Mello) que trabalha no Circo Esperança junto com seu pai Valdemar (Paulo José). Juntos, eles formam a dupla de palhaços Pangaré & Puro Sangue e fazem a alegria da plateia. Mas a vida anda sem graça para Benjamin, que passa por uma crise existencial e assim, volta e meia, pensa em abandonar Lola (Giselle Mota), a mulher que cospe fogo, os irmãos Lorotta (Álamo Facó e Hossen Minussi), Dona Zaira (Teuda Bara) e o resto dos amigos da trupe. Seu pai e amigos lamentam o que está acontecendo com o companheiro, mas entendem que ele precisa encontrar seu caminho por conta própria.


Nesta sexta-feira a atração será a comédia de sucesso “Se eu fosse você”. Cláudio (Tony Ramos) é um publicitário bem sucedido, dono de sua própria agência, que é casado com Helena (Glória Pires), uma professora de música que cuida de um coral infantil. Acostumados com a rotina do dia-a-dia e do casamento de tantos anos, eles volta e meia têm uma discussão. Um dia eles têm uma briga maior do que o normal, que faz com que algo inexplicável aconteça: eles trocam de corpos. Apavorados, Cláudio e Helena tentam aparentar normalidade até que consigam revertar a situação. Porém para tanto eles terão que assumir por completo a vida do outro.


O sábado será especial para os casais, com “Lisbela e o Prisioneiro”. Lisbela (Débora Falabella) é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu (Selton Mello) é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador (Marco Nanini) que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa (Virginia Cavendish).


Por fim, o domingo trará alegria para as crianças com a animação “Minhocas, o Filme”. Júnior (Cadu Paschoal) é uma jovem minhoca que não consegue fazer amigos, já que todos os que conhece o consideram mimado pela mãe. Disposto a provar o contrário, ele desafia um dos que o provoca para um desafio envolvendo um arriscado salto sobre um penhasco. Entretanto, antes mesmo da disputa começar, Júnior e Nico (Yago Machado) são levados para a superfície por uma escavadeira. Longe de casa e em um ambiente hostil, eles acabam encontrando o vilão Big Wig (Daniel Boaventura), um tatu bola que deseja transformar as minhocas em escravos.

Autoria: Alex Calmon
Fonte: SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Foto: Alex Calmon
Postada em : 06/10/2017

Voltar