Notícias Recentes



PREFEITURA REDUZ 70% DE COMISSIONADOS E VÊ DESPESAS COM PESSOAL CAIR PELA PRIMEIRA VEZ EM 12 ANOS

Durante os últimos três mandatos municipais, a despesa com folha de pessoal havia aumentado 382%, saltando de R$ 11,08 milhões em dezembro/2004 para 53,43 milhões em dezembro/2016. Mesmo descontando a inflação do período analisado, houve aumento real de quase 142%.


Entre janeiro e agosto deste ano, a Prefeitura reduziu em mais de 5% sua despesa com pessoal, adotando inúmeras medidas de contenção de gastos com horas extras, gratificações, comissionados, entre outros, mesmo concedendo o reajuste salarial anual a toda a categoria.


Para o secretário de Finanças, Ewerton Clemente, "durante 12 anos a despesa com pessoal cresceu muito acima da receita, causando desequilíbrios no orçamento. Nos primeiros 8 anos o salário do funcionalismo mais que dobrou, enquanto nos últimos 4 anos decisões equivocadas fizeram essa conta crescer ainda mais. Quando a economia entrou em crise, a arrecadação caiu, mas a despesa com pessoal resistiu em razão das peculiaridades do setor público e da legislação trabalhista".


A principal medida que determinou a queda foi a redução em 70% dos cargos comissionados e terceirizados em relação ao ano passado (2016). Em razão disso, foi possível enxugar a folha em R$ 2 milhões, reconduzindo o percentual para dentro do limite de responsabilidade fiscal.


“Os estudos da Secretaria de Finanças apontam queda ainda maior, a partir do comportamento da curva real de despesa com pessoal, que cruza a tendência de cima para baixo. Os esforços fiscais para manter a redução irão permanecer de forma a reequilibrar as contas municipais”, garantiu o secretário.

Autoria: Alex Calmon
Fonte: SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Foto:
Postada em : 27/09/2017

Voltar