Notícias Recentes



EDUCAÇÃO PROMOVE CAPACITAÇÃO PARA MERENDEIRAS DA REDE MUNICIPAL

A Secretaria da Educação promoveu, durante a última semana, uma capacitação para manipuladores de alimentos de escolas, pré-escolas e creches do município. O evento aconteceu no Centro Educacional e Pedagógico Prefeito Eng. Antonio Costa Galvão, sob coordenação técnica de Nancy Maria Papa e Vera Lúcia Berto Coletti.


No primeiro dia, a abertura contou com a apresentação musical de Cris Favoretto e Janu, do Grupo Adonai. Vera Berto fez a abertura ressaltando os 28 anos da merenda escolar de Rio das Pedras, sempre com a preocupação de promover uma alimentação saudável para contribuir com o desenvolvimento e prevenção de doenças, além de hábitos saudáveis, o que por consequência fará reduzir o número de atendimentos médicos que tanto oneram o município.


O propósito da capacitação foi valorizar o trabalho da equipe da merenda, oferecer mais conhecimento para os profissionais e buscar alternativas nutritivas. Pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), 6.487 alunos recebem alimentação diariamente. “O prefeito Carlos Defavari tem investido muito na alimentação dos estudantes, mesmo com a crise financeira que a Prefeitura atravessa. Em apenas seis meses deste ano o município investiu R$ 2,1 milhões”, destacou Vera Berto.


O prefeito lembrou a negociação feita junto a fornecedores da merenda, que ficaram sem receber no período entre 2013-17. “Tiveram dias em que alunos só tinham bolacha para comer. Estamos mantendo um bom nível de alimentação. Contudo, nesses próximos meses a arrecadação cai, estamos trabalhando para manter o padrão atual”, explicou Carlos Devafari, que visitou escolar e conversou com as merendeiras para conhecer a realidade do município.


Defavari também trouxe boas notícias: “estamos com o projeto para arrumar os telhados das escolas, uma vez que em muitas a chuva molha as salas de aula”.


Silvino Innocencio, secretário de Administração e RH, ressaltou que a merenda oferecida nas escolas é a principal refeição para muitos dos estudantes. “Empresas sem as certidões necessárias e qualificações técnicas não participam mais das licitações, especialmente quando o assunto é merenda escolar. Fazemos de tudo para garantir o alimento com qualidade e a baixo custo”, afirmou Innocencio.


Durante a cerimônia de abertura foram homenageadas as merendeiras Rosenira (falecida há pouco tempo) e Neusinha, que trabalhou na merenda entre 1988 e 2017. “Me aposento com a consciência de ter cumprido com meu dever”, disse Neusinha, que recebeu um presente das mãos de Nancy Papa e Vera Berto em reconhecimento pelo trabalho desenvolvido.


Durante a capacitação, os profissionais da merenda participaram de diversas oficinas e palestras. Fernanda Papa Spada, doutora em Ciência de Alimentos pela Esalq/USP, falou sobre o Pnae, alimentação saúdável e modelos de cardápios e sobre o teste de aceitabilidade e boas práticas na manipulação de alimentos. A psicóloga Célia R. Basso Tomé abordou o tema “como cultivar relacionamentos saudáveis e buscar qualidade de vida”. E a professora de Educação Física, Milena M. Chabregas, ensinou como prevenir a Lesão por Exercício Repetitivo (LER) e o Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho (DORT).


No encerramento da capacitação foram sorteados brindes. Além disso, os profissionais foram conhecer a Cooperativa dos Produtores Agropecuários de São Pedro (Coopamsp), produtores de iogurte.

Autoria: Alex Calmon
Fonte: SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Foto:
Postada em : 14/07/2017

Voltar