Notícias Recentes



FRUTOS DA CND: R$ 250 MIL PARA SAÚDE E R$ 2,6 MILHÕES PARA ÁGUA

Após limpar o nome da cidade e obter a Certidão Negativa de Débitos (CND), documento da Receita Federal que declara o município com a situação fiscal regular após o parcelamento dos débitos junto aos governos Federal e Estadual, as verbas começaram a chegar em Rio das Pedras. Apenas dois dias depois de obter a CND, a Prefeitura recebeu o repasse de R$ 250 mil para ser aplicado na saúde, com a compra de equipamentos e material permanente para as unidades básicas.


As verbas são fruto de duas emendas parlamentares do Governo Federal, sendo R$ 150 mil do deputado Missionário José Olímpio (atendendo a solicitação feita pelo vereador Edison Marconato) e R$ 100 mil do deputado Ricardo Izar. O processo administrativo já foi encaminhado para o Setor de Licitações da Prefeitura, que providenciará a compra dos itens determinados pelo Ministério da Saúde.


Na manhã da última sexta-feira (9), o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) recebeu a informação de que o Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) irá repassar à autarquia verba de R$ 2,6 milhões.


O repasse contempla duas ações que serão feitas pelo SAAE.


Com R$ 2,4 milhões, sendo R$ 309 mil como contrapartida por parte do município, o SAAE irá implantar a primeira etapa do Programa de Controle e Redução de Perdas de Água no Sistema de Abastecimento de Água. Serão trocados 2.571 hidrômetros que estão parados ou com defeito. A definição de onde será feita a troca foi definida pelo SAAE com base em estudo que identificou a necessidade das trocas, que ocorrerão em todos os bairros.


Também incluído no Programa de Controle e Redução de Perdas está a implantação do sistema que mete a captação e distribuição de água, evitando perdas. “Esse sistema auxilia na identificação de vazamentos. Entre as ações, iremos instalar válvulas para dividir a rede de distribuição em trechos limitados, o que irá ajudar a identificar e sanar os vazamentos o mais rápido possível. Hoje, só conseguimos identificar um vazamento quando há água escorrendo pelo asfalto ou calçada”, explicou Daniel Gonçalves, superintendente do SAAE.


O Programa, que inclui ainda o mapeamento completo da rede de distribuição de água, visa reduzir o índice de perda de água tratada, que atualmente está na faixa de 43%, para 15%. De acordo com a Agência das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), no Brasil o índice aceitável é de 25% de perdas de água.


O segundo repasse, no valor de R$ 217 mil sendo 10% como contrapartida pelo município, é destinado a elaboração de projeto executivo do Sistema de Afastamento (coletores tronco) do Córrego Tijuco Preto. Esse projeto irá detalhar o serviço a ser feito para retirar o esgoto da área urbana do ribeirão até a estação elevatória de esgoto e depois até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).


“Paralelamente, estamos mantendo contato com a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo para solicitar a retomada as obras de construção da ETE. Nosso objetivo é ter 100% do esgoto de Rio das Pedras tratado. A elaboração deste projeto é mais um passo para isso”, afirmou o prefeito Carlos Defavari.

Autoria: Alex Calmon
Fonte: SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Foto:
Postada em : 14/06/2017

Voltar